Por que você deve incluir probióticos na sua alimentação?

probióticos

Os probióticos estão presentes no organismo humano desde o nascimento. São bactérias e leveduras essenciais para manter a imunidade e a boa saúde intestinal, e ainda auxiliam na digestão e absorção das vitaminas e nutrientes presentes nos alimentos.

São bem pequenos, numerosos e habitam o intestino, a pele e as mucosas. Também podem ser encontrados em cápsulas, sachês e em vários alimentos, como iogurtes, leites fermentados, vegetais cultivados (como o chucrute), ervilhas, azeitonas verdes e vinagre de maçã.

Alguns fatores como estilo de vida diferenciado, uso de antibióticos e estresse podem diminuir a sua quantidade. Esse desequilíbrio pode ser bem prejudicial ao organismo, provocando o desenvolvimento de doenças e abrindo espaço para bactérias maléficas. Portanto, neste post, vamos apresentar as principais vantagens de incluir os probióticos na sua alimentação. Continue a leitura e confira!

Estimulam o sistema imunológico

O principal efeito dessas bactérias do bem é estimular o sistema imunológico. Sua chegada no intestino desperta as células de defesa, deixando-as mais ativas para reagir na presença de infecções, vírus e bactérias perigosas e patogênicas.

Ajudam a combater doenças no trato intestinal

Cerca de 70% dos probióticos permanecem alojados no intestino. Alguns deles ajudam na movimentação e fazem com que as fezes sejam transportadas corretamente, o que alivia a prisão de ventre e auxilia nos casos de diarreias e problemas de intestino solto.

Além disso, algumas doenças inflamatórias intestinais (como a doença de Crohn) provocam um desequilíbrio da microflora intestinal. A suplementação com probióticos ajuda a equilibrá-las e a beneficiar a saúde do indivíduo, pois, quando a flora intestinal está saudável, a absorção de vitaminas e nutrientes pelo intestino é muito mais eficaz.

Regulam o peso

Algumas cepas de probióticos são responsáveis por promover a redução das células de gordura do corpo. Isso acontece porque pessoas acima do peso sofrem com o aumento da leptina, um hormônio que envia informações para o cérebro sobre o estoque de gordura corporal.

Quando o indivíduo começa a emagrecer, os níveis desse hormônio diminuem, fazendo com que ele mande estímulos responsáveis pela atração visual da comida para que a pessoa sinta mais fome.

E é aí que o probiótico entra: ele impede o aumento da leptina e todos os malefícios que ela proporciona, além de diminuir os níveis de insulina do organismo, regular os níveis de colesterol e estimular a desintoxicação do fígado, fatores que ajudam a regular o peso.

Beneficiam a saúde da mulher

Os probióticos também proporcionam benefícios para a saúde íntima da mulher. Eles ajudam a combater e repor a flora bacteriana da vagina, e equilibram o excesso de fungos causadores da candidíase. Além disso, também combatem e previnem as infecções urinárias recorrentes.

Viu como esses poderosos bichinhos podem beneficiar o seu organismo, afastando-o de muitos fatores prejudiciais? Ao contrário do que muita gente pensa, as bactérias também podem ser muito benéficas. Portanto, comece a inserir o consumo de alimentos probióticos na sua rotina agora mesmo. Sua saúde e bem-estar agradecem!

E aí, gostou de saber sobre os probióticos e tudo de bom que eles oferecem? Quer mais dicas sobre como melhorar a sua saúde? Então, não deixe de acessar o nosso artigo sobre polivitamínicos e poliminerais. Assim, ela terá tudo para decolar! Vamos lá!

Comentários no Facebook

topo