8 soluções para ajudar no combate à celulite!

Celulite

O que são celulites?

Celulites são alterações da pele que conferem a ela ondulações e, em casos mais severos, formam nódulos. Acontecem predominantemente nas mulheres, em regiões com maior acúmulo de gordura, como barriga, quadris e nádegas. Este público está mais suscetível devido ao hormônio estrogênio e à anatomia de suas fibras elásticas.

Quais são suas causas e sintomas?

Apesar de ter causas variadas (sexo, etnia, biotipo, alterações circulatórias, problemas horonais, etc.), o aparecimento das celulites normalmente está relacionado a fatores genéticos e costumam estar associadas à flacidez da pele e ao sedentarismo.

As celulites, quando em estágios avançados, podem se tornar dolorosas e causar inchaço local, sendo estes os poucos sintomas apresentados. Entretanto, visualmente podem ser facilmente percebidas, gerando desconforto e, muitas vezes, abalando a autoestima de quem as possui.

Quais são os graus de celulite?

Sim, existem diferentes graus de celulite, os quais estão classificados de acordo com a intensidade que as mesmas aparecem nas regiões do corpo. Veja!

Celulite Grau 1 (leve)

É interna, não se consegue senti-la, nem vê-la e aparece somente se a pele for apertada com força. Nesse grau, os vasos estão sujeitos à ação inflamatória e podem acumular toxinas.

Celulite Grau 2 (visível)

Nesse grau já não é mais necessário comprimir a pele para ver as marcas. Elas passam a ter um aspecto acolchoado, pois o sistema linfático está mais afetado. Além disso, ficam amareladas por conta do acúmulo de líquidos ao pressionar a pele.

Celulite Grau 3 (intensa)

pele passa a ter aspecto de gomos visíveis, com nódulos que surgem e podem ser sentidos com o toque. Pode haver também a desidratação dos tecidos, visto que a pele está mal nutrida. A textura fica áspera, os poros se dilatam e aparecem microvarizes. É a partir desse estágio que surgem os primeiros sinais de dor e o inchaço fica muito visível.

Celulite Grau 4 (grave)

Ela se torna visível até mesmo quando a pessoa utiliza roupas. As fibras e células de gordura formam nódulos maiores que afetam o circuito sanguíneo, tornando a região endurecida e dolorida.

Além disso, por comprometer a circulação, torna-se mais difícil eliminar as toxinas, piorando o aspecto da celulite.

O que fazer para ajudar a combater as celulites?

1. Mantenha hábitos saudáveis

É imprescindível ter uma alimentação com qualidade, para manutenção da saúde e beleza da pele. Consuma alimentos que auxiliam na diurese e são antioxidantes, como abacaxi, morango, gengibre, alho, rúcula e brócolis.

Importante também não esquecer das atividades físicas, pois sua associação à dieta equilibrada diminui a gordura e melhora o sistema circulatório. Como resultado, você fica bem por dentro e por fora.

2. Invista em produtos manipulados

Os produtos manipulados são confeccionados de acordo com as suas necessidades pessoais, sendo assim, pelo fato de as causas da celulite serem variadas, o prescritor pode avaliar e solicitar o produto de acordo com o seu biotipo.

Além disso, existem substâncias manipuladas que não são encontradas em produtos industrializados e possuem uma excelente eficácia no auxílio ao tratamento da celulite.

Não esqueça de investir também em produtos com colágeno e seus derivados para melhorar a firmeza da sua pele. Uma pele bem tratada, hidratada e tonificada reduz drasticamente a aparência das celulites. Converse com nossas farmacêuticas para conhecer os produtos que possuímos e são indicados para seu caso.

3. Chás diuréticos e termogênicos

Os chás como cavalinha, chapéu-de-couro e o chá-verde (sem açúcar), contêm substâncias que aumentam a frequência urinária amenizando os furinhos da pele. Já o consumo dos termogênicos como gengibre, hibisco e canela aumentam o metabolismo e auxiliam na queima da gordura localizada com mais facilidade.

Muita atenção no consumo destes chás, não faça sem a orientação de um profissional responsável. Isso porque dependendo de suas características pessoais, embora sejam plantas, podem interagir com medicamentos ou interferir em sua saúde.

4. Conheça tratamentos para diminuir estrias e celulite

Mesmo nos casos em que o peso do corpo está sob controle, podem aparecer celulites. Sendo assim, para melhorar sua aparência, procure tratamentos estéticos.

lipocavitação, também conhecida como lipo sem cirurgia, diminui a gordura localizada e melhora a flacidez da pele usando um aparelho de ultrassom.

Já a intradermoterapia usa injeção de medicamentos sob a pele e tem por objetivo estimular a produção de colágeno, o sistema linfático e diminuir a gordura da região. Essa técnica melhora o aspecto de casca de laranja.

Por ser um tratamento, existe risco durante e depois dos procedimentos. Então, observe o local onde fará as sessões e o profissional que cuidará de você, com o intuito de evitar resultados indesejados.

5. Beba mais água

A ingestão de líquidos é muito importante para manter a hidratação da pele, reduzir a retenção de líquidos e também auxiliar na eliminação das toxinas do organismo.

6. Trabalhe para se livrar dos maus hábitos

É muito importante eliminar os velhos hábitos e evitar a ingestão de alimentos que podem levar à piora do problema. Os maiores vilões são as frituras, os alimentos ricos em sódio ou açúcar, bebidas alcoólicas e alimentos ricos em gordura saturada.

7. Use cremes

Devido ao fato de a celulite ser um fenômeno genético influenciado em sua intensidade por muitos elementos relacionados a fatores de alimentação e comportamento, os cremes ou géis devem atuar de maneira diferente para cada pessoa. Encontrar o produto certo pode ser a chave para contribuir com a melhora do aspecto das celulites.

Os cremes para celulite podem auxiliar muito no tratamento da celulite, pois existem ativos que favorecem a circulação de sangue na superfície da pele, deixam a epiderme mais firme e, consequentemente, reduzem significativamente o problema.

8. Drenagem linfática

Drenagem linfática, massagens e até automassagem podem auxiliar na redução do inchaço e retenção de líquidos, visto que ocasionam a melhora da circulação. A drenagem linfática melhora muito a circulação e ajuda na eliminação das toxinas dos tecidos.

Agora que aprendeu um pouco mais sobre como reduzir as celulites, conheça nossos produtos manipulados que vão beneficiar muito a sua pele e aumentar sua autoestima!

Tags

Comentários no Facebook

topo