Tratamento para queda de cabelo: saiba como o Minoxidil pode ajudar

queda de cabelo

Sofrer com a queda capilar é um problema muito comum. Para resolver essa questão, saiba que o Minoxidil fortalece o cabelo e garante o crescimento saudável no longo prazo. A substância atua diretamente na base do desenvolvimento dos fios, com ações que vão da raiz às pontas.

O grande segredo, para acertar em cheio no tratamento, está em compreender em detalhes como tudo funciona. Os resultados são extremamente satisfatórios tanto em homens quanto em mulheres, e exigem disciplina para ter paciência, já que leva tempo até que o organismo sinta os primeiros efeitos.

Quer saber mais sobre o assunto? Vamos tirar todas as suas dúvidas e mostrar como o tratamento com Minoxidil faz diferença na saúde dos cabelos. Acompanhe!

O que é a queda de cabelo e quais são suas principais causas?

Antes de falar sobre o Minoxidil e seus benefícios, é muito importante entender os motivos da queda de cabelo. Só depois disso fica mais fácil compreender como o uso do produto pode ser vantajoso.

Os cabelos são a moldura da nossa face, estão ligados à construção da autoimagem e influenciam diretamente a autoestima. Por isso, a experiência de ver os cabelos ralos, caindo, e se deparar com falhas no couro cabeludo é muito traumática para os homens, mas principalmente para as mulheres, que geralmente cuidam mais dos cabelos.

Saiba que a queda capilar pode ocorrer por diversos motivos. Entre eles estão o uso excessivo de produtos químicos, estresse, perda de peso repentina, pós-parto (no caso de mulheres), reações a medicamentos fortes ou mesmo fatores genéticos.

Na maioria dos casos, a queda costuma ser temporária e acontece pelo enfraquecimento do folículo capilar devido a algum trauma, falta de nutriente ou reação do organismo a algum fator. Nesses casos o Minoxidil surge como uma excelente solução.

O que é Minoxidil?

Embora tenha se popularizado recentemente, o Minoxidil é um vasodilatador potente. Descoberto em 1965, foi lançado no mercado como medicamento para controle de pressão arterial.

No entanto, a maioria dos pacientes de uso frequente começou a apresentar um efeito colateral que chamou a atenção de farmacêuticos e pesquisadores, que constataram que o uso contínuo de Minoxidil, além de controlar a pressão, também pode ajudar no crescimento de cabelos e pelos terminais.

Assim surgiu a fórmula tópica de Minoxidil, indicada para o tratamento capilar contra a queda de cabelo e para o crescimento de pelos na sobrancelha e na barba.

Por que o Minoxidil fortalece o cabelo?

Como citamos acima, a maioria dos casos de queda de cabelo acontece pelo enfraquecimento do folículo capilar, que é a base na qual o Minoxidil age, fortalecendo a estrutura do fio e prolongando a fase anágena do cabelo — aquela em que os fios crescem.

Assim, o Minoxidil não faz nascer cabelos novos, mas fortalece a estrutura nutritiva do fio, fazendo com que o cabelo cresça mais forte e saudável e, consequentemente, não caia.

Como o produto deve ser usado?

A aplicação do Minoxidil deve ser feita diretamente no couro cabeludo, evitando ao máximo o contato com os fios de cabelo.

Não é necessário lavar o cabelo antes. Aplique o produto na raiz das mechas com a ajuda de um algodão e massageie o couro cabeludo por mais ou menos 30 segundos, para ativar a circulação sanguínea no local. Deixe o produto agir por 4 horas e depois lave o cabelo normalmente.

No geral, é recomendada a aplicação de Minoxidil de uma a duas vezes ao dia. Os efeitos começam a ser notados após 3 meses de uso.

Onde encontrar o Minoxidil?

Você pode encontrar o Minoxidil em farmácias de manipulação. Sua fórmula é comercializada com a concentração de 2% a 5%, sendo possível conter outras substâncias que auxiliam no tratamento.

É muito importante consultar um dermatologista para que ele oriente o melhor tratamento para o seu caso. Assim, ele poderá prescrever a fórmula exata de Minoxidil que você deverá usar.

Quem pode usar?

A aplicação do produto pode ser feita em homens ou mulheres com problemas de queda capilar. No entanto, existem algumas contraindicações que devem ser respeitadas para evitar efeitos colaterais significativos. Veja, abaixo, as principais:

  • mulheres gestantes;
  • mulheres em período de amamentação;
  • bebês e crianças;
  • quando o couro cabeludo apresenta qualquer tipo de irritação;
  • queda de cabelo com razão desconhecida;
  • perda capilar que surge de maneira repentina e agressiva;
  • pacientes de glaucoma.

Caso o paciente tenha qualquer tipo de problema cardíaco, o uso pode ser liberado desde que seja feito com o acompanhamento médico. O mais indicado é procurar um dermatologista, que vai solicitar alguns exames essenciais na hora de avaliar se as substâncias são compatíveis.

Como evitar efeitos colaterais?

Apesar de ser uma situação rara, alguns efeitos colaterais podem surgir nas mulheres que usam Minoxidil de forma inadequada. Diante disso, uma medida de proteção é aplicar somente no couro cabeludo. Mesmo que pareça tentador conseguir cílios mais volumosos, priorize ver os resultados nas madeixas inicialmente.

Tenha em mente que o tratamento deve ser feito apenas em locais do corpo em que foi detectado o problema de queda ou falhas de crescimento. Depois de fazer o uso, lembre-se também de lavar bem as mãos para evitar qualquer tipo de resíduo entre os dedos.

Outro fator importante é reservar tempo para fazer a lavagem dos fios. Sempre passe o shampoo duas vezes como forma de garantir que o condicionador seja absorvido de maneira adequada pelo folículo capilar. Sem um cronograma de higiene e hidratação completo, fica muito mais difícil alcançar o sucesso do tratamento.

Quais são as principais vantagens do Minoxidil?

Uma das principais indicações do produto é para mulheres no período da menopausa. Devido à redução da quantidade de estrogênio e do aumento da testosterona no organismo, quem sofre com queda capilar costuma ver o problema se agravar. Dessa forma, o uso correto da sustância ajuda muito a enfrentar essas mudanças quando indicado por um bom médico que acompanha o caso.

Além disso, se você sofre com o excesso de oleosidade nos cabelos, a fórmula de Minoxidil também pode ser um verdadeiro divisor de águas. Quando usado em excesso, o produto tende a causar ressecamento, ajudando a regular a quantidade de sebo natural do couro cabelo.

Agora você sabe que o Minoxidil fortalece o cabelo. Por esse motivo, invista na beleza dos seus fios para alcançar um efeito extremamente positivo no longo prazo! Além do uso do medicamento, monte um cronograma capilar para suprir todos os outros nutrientes que estimulam o crescimento saudável e ainda oferecem tanto brilho quanto maciez.

Gostou do conteúdo? Quer saber mais sobre Minoxidil e outros tratamentos? Então siga-nos no Facebook e no Instagram para receber conteúdos exclusivos!

Comentários no Facebook

topo