Minhas unhas fracas e quebradiças: qual será a causa?

Unhas fracas e quebradiças. Como trata-las?

Unhas fracas e quebradiças podem indicar mais do que um problema simplesmente estético. Conhecer as causas de unhas fracas,  seus desgastes e enfraquecimento, é fundamental não só para resgatar a beleza das unhas, mas também para corrigir possíveis deficiências no organismo.

Isso mesmo! Má alimentação, dietas severas, anemias e hipotireoidismo, por exemplo, podem ser a causa da fragilidade das unhas. Além disso, o uso constante de produtos químicos, como detergentes ou removedores de esmalte com acetona também podem ocasionar descamações.

Se as suas unhas estão finas, descamando ou com aspecto poroso, elas podem ainda ser acometidas por fungos e bactérias.

Para evitar esses problemas, separamos a seguir alguns dos principais motivos de enfraquecimento de unhas e explicamos como você pode fortalecê-las.

7 motivos para unhas fracas

1. ACETONA EM EXCESSO

Que mulher não gosta de unhas sempre belas e bem cuidadas? Mas o hábito de pintar constantemente as unhas pode causar danos a ela se a esmaltação for retirada com acetona em excesso. O problema é que esse tipo de removedor desidrata a unha, causando manchas e enfraquecendo-a.

A solução é buscar por removedores livres de acetona em sua composição, que são menos abrasivos e, por isso, não causam tantos danos. Além do mais, se a sua unha já estiver fragilizada, deve-se reduzir o número de esmaltações durante o mês ou retirar o esmalte um dia antes da próxima esmaltação.

O uso de bases ou esmaltes com compostos fortalecedores também é o ideal para quem quer unhas mais saudáveis e bonitas.

2. PRODUTOS QUÍMICOS

O contato constante com água ou produtos químicos, como os utilizados pra limpeza doméstica, por exemplo, pode enfraquecer as unhas. A solução é utilizar luvas ao realizar os afazeres domésticos.

Além disso, é importante a aplicação de cremes hidratantes nas mãos e unhas para evitar que ressequem e enfraqueçam em contato com compostos químicos abrasivos.

3. ALIMENTAÇÃO POBRE EM VITAMINAS E NUTRIENTES

A correria do dia a dia muitas vezes ocasiona um descuido com a alimentação. Manter uma dieta balanceada e saudável pode parecer uma tarefa difícil para quem tem a agenda cheia durante a semana. Mas restringir o consumo de vitaminas e nutrientes pode prejudicar a saúde tanto do corpo quanto das unhas.

Ingerir alimentos ricos em vitaminas, ferro, cálcio e proteínas é essencial para unhas mais fortes e bonitas. Alimentos como ovos, vegetais folhosos escuros, leite, fígado e batata doce são grandes aliados numa dieta mais equilibrada.

A ingestão de água também é essencial para o organismo, já que a sua falta pode prejudicar na produção da queratina, importante para o crescimento de unhas e cabelos.

4. DOENÇAS E FUNGOS

Porém, às vezes, só uma mudança na alimentação não é o suficiente. A anemia, assim como o hipotireoidismo ou o hipertireoidismo, é uma doença que dificulta a chegada de nutrientes às unhas, favorecendo a sua descamação.

Outro problema são as doenças dermatológicas que podem afetar as unhas, como as dermatites causadas por fungos e bactérias. A psoríase também pode atingir as unhas. Por isso, consultar um médico dermatologista também é fundamental para manter a saúde delas.

5. ANEMIA

Causada pela redução dos glóbulos vermelhos no sangue, geralmente, a anemia é resultado de uma deficiência de ferro e vitaminas. O resultado disso podemos notar nos sintomas de fraqueza, abatimento e, claro, unhas fracas, que podem se quebrar e lascar com mais facilidade.

Além disso, dietas mais radicais — que cortam nutrientes importantes da alimentação — também pode prejudicar diretamente a saúde das suas unhas.

6. DISTÚRBIOS DE TIREÓIDE

As duas disfunções mais comuns na glândula tireóide costumam, também, refletir diretamente nas unhas. Vale a pena ficar atento a esse sinal!

No hipotireoidismo, o metabolismo do indivíduo é desacelerado, dificultando o transporte de nutrientes e, até mesmo, de oxigênio para as unhas. As principais características são unhas quebradiças e, muitas vezes, com ondulações.

No hipertireoidismo, o metabolismo acelera demais, desorganizando todo o organismo: o excesso dos hormônios produzidos pode fazer com que as unhas cresçam mais rapidamente, mas elas serão bastantes frágeis, além de poderem ficar mais rasas.

7. HÁBITO DE ROER AS UNHAS

Não precisamos dizer que aquela mania da infância de roer as unhas não é nada saudável, não é verdade? Além de ser um hábito nada higiênico, ficar constantemente cortando as unhas com os dentes prejudica o seu crescimento, deixando-as quebradiças. Ainda existe o risco de infecções das cutículas e, até mesmo, de encravar, visto que os dentes podem atingir as peles em volta da unha e cortá-las de forma errada.

3 receitas caseiras para fortalecer as unhas

1. AZEITE DE OLIVA

Isso mesmo! A solução para as suas unhas fracas pode estar na cozinha! E não estamos falando dos alimentos que você precisa ingerir — importantíssimos para a saúde de todo o organismo e que não podem ser substituídos de forma alguma!

Mas um pouco de azeite de oliva pode ajudar, afinal, ele possui propriedades hidratantes e fortalecedoras.

Basta passar o produto nas unhas antes de dormir, massageando por cerca de 5 minutos, e retirar apenas na manhã seguinte.

Outras dicas ainda sugerem imergir as mãos em um pouco de azeite por 15 minutos, em misturas que podem variar, como limão, suco de laranja fresco ou tomate.

2. ALHO E CRAVO DA ÍNDIA

Um hábito bastante propagado entre as mulheres é o de acrescentar alho e cravo (amassados) dentro da base e passar nas unhas.

Entre os médicos, a solução não é comprovada. Mas, de qualquer forma, se o cheiro e o sabor da nova base já impedirem a pessoa de roer as unhas, a medida já vale a pena, não é mesmo?

3. ÓLEO DE RÍCINO

Também conhecido como óleo de mamona ou castor oil, o óleo de rícino é muito utilizado não apenas para o fortalecimento das unhas, mas também para os cabelos e nos cuidados com a pele.

Com vitamina E, ácidos graxos e ômega 9, o óleo de rícino pode ajudar a fortalecer as unhas, além de manter as cutículas mais hidratadas. E o melhor: o custo x benefício é bastante atraente!

Aplique o produto nas unhas e massageie 1 hora antes de fazer as unhas, ou então, deixe agir durante a noite, retirando pela manhã (da mesma forma que o azeite).

Ter unhas fracas não é normal. Caso as suas estejam muito fracas e quebradiças procure identificar logo as causas dos problemas para corrigi-los a tempo. Cuidar da saúde do corpo como um todo é essencial para unhas mais fortes e bonitas também.

Existem opções de produtos no mercado capazes de auxiliar no fortalecimento tanto das unhas quanto dos cabelos. Compostos vitamínicos, ceras e esmaltes apropriados podem ser a solução que você vem buscando. Mas, na dúvida sobre a causa de unhas fracas, não deixe de consultar um médico.

Gostou desse artigo? Que tal, então, conhecer alguns suplementos e complementos alimentares que podem ajudar na saúde de todo o seu organismo?!

 

Loja Virtual: Acesse nossa seção de Unhas

Comentários no Facebook

topo